Páginas

27 agosto 2015

Saudades...

A saudade não tem explicação
é um gesto de insanidade
um processo de alucinação.
Saudade de cousa passada
faz parte do racional...
Migalhas deixadas na estrada.
Mas tem algo surreal
bem a par com a loucura.
E o que eu queria entender
é a saudade de cousas futuras...
Coisas,
que nem cheguei a viver!

(Joana Maria)




30 julho 2015

Fuga...


Fugir para onde
Para onde fugir
Quando o que mais te atormenta
está dentro de ti?
(Joana Maria)

28 julho 2015

...

Não acredito em vida após a vida...
Mas creio piamente em morte antes da morte!
(Joana Maria)

02 junho 2015

Silêncio

O silêncio não é a dor curada
não é o deixar de sentir

O silêncio é a voz aprisionada
sem coragem de sair

(Joana Maria)

24 março 2015

Areia

Tudo vai passando
E sem querer
Você vai ficando.
Só esperando
O tempo te levar...
Como grão de areia
Pela onda do mar.

(Joana Maria)Areia

06 março 2015

Lamentações

Sentar à beira do caminho
Contemplar o sofrimento
Apiedar-se da própria dor
E parar no tempo.

A vida segue e a banda toca
Então o jeito é endurecer
Se levantar sem querer
Calar o lamento
Sorrir por fora
E chorar pra dentro.

Felicidade não existe
Utópica e abstrata
É perseguir o horizonte
Correr por vales e montes
Sem jamais alcançar
É só um momento fugaz
Coisas que a vida leva
Coisas que a vida traz.

E a vida vai passando
Desgovernada sem freios
Sorrateira e breve
Bruta como a fera
Porém bela e leve
Ela chega sem rodeios
E vem armada até os dentes
Deixando marcas aparentes.

É toda maldade
E se não faz morrer
É uma besta que fere
Com requintes de crueldade
Dizem que o tempo cura
Os rombos que a vida faz
Nada disso é verdade
As feridas até deixam de sangrar
Mas as cicatrizes nunca deixam de doer.

E a vida segue majestosa
Mas você só passa
Pode colher
Pode plantar
Mas certo que vai morrer
Respire o sopro
E se force a viver.

Não se furte do agora
Só esse é seu tempo
Ora ou outra vai embora
É o fim do tormento
Toda dor calará
Nada vai ficar
Nem alegria nem sofrer
Sem marcas
Sem mágoas
Sem ser...

(Joana Maria)

29 janeiro 2015

A vida



A vida não acaricia, a vida não consola, a vida não te espera levantar...

O dia que troquei a palavra 'deus' pela palavra 'vida'
Tudo ficou mais claro, e por incrível que pareça menos dolorido.
Sei que a vida não é perfeita, mas nunca prometeu ser!!!
(Joana Maria)