Páginas

28 dezembro 2011

Caminhos...

Engraçado como hesitamos, em qual caminho seguir...
Embora saibamos de antemão, que qualquer dos caminhos convirja para um ponto em comum.
É só uma questão de tempo!
(Joana Maria)

12 dezembro 2011

Destino...

Não existe destino..
Existem incidentes, acidentes e fatalidades.
A imprevisível força do acaso em nossas vidas!
Que tipo de imbecil daria a um ser humano o destino de morrer cinco minutos após o parto?
(Joana Maria)

10 dezembro 2011

Sentimento...

Posso afirmar, ao contrário do que pensam...
Que meu sentimento em relação ao homem é grandioso.
Compreendo essa raça, e sinto pena dela...
Sei da sua miserável condição humana, e sei também que não se conforma em ser só isso, sei de suas fantasias mirabolantes...
E de como as guarda, como verdades absolutas.
Embora seja só carne, osso e uma controversa consciência que o torna mais irracional, que os outros animais!
(Joana Maria)

08 dezembro 2011

Ateu...

O problema do ateu
é que ele evoluiu demais
e passou a questionar...
E deus não se encaixou nas lacunas!
(Joana Maria)


29 novembro 2011

Rótulos...


Eu não sou pessimista como dizem
Tampouco otimista
Eu fico entre um e outro:
Puramente "realista"!
O copo pra mim, não está meio cheio, nem meio vazio, existe nele uma certa porção de líquido!
(Joana Maria)

20 novembro 2011

O erro...

Se houve uma coisa errada...
Essa coisa foi aquela maldita árvore,
E que culpa temos, desse jogo sádico?
É claro, sei que o erro, é acreditar nisso tudo,
E ainda assumir a bendita culpa!


(Joana Maria)

13 novembro 2011

Confesso

Confesso que um dia acreditei
Que só a religião mudaria o homem,
Hoje tenho certeza, muda mesmo...
Desperta nele o que há de pior.
Dá a certeza, de que mesmo agindo errado,
Está fazendo a vontade de deus!
(Joana Maria)

12 novembro 2011

*

É difícil consolar quando se é racional.
As melhores coisas, que um ateu tem a oferecer,
é o ombro, os ouvidos e o silêncio.
Em certas horas, palavras são desnecessárias!
(Joana Maria)

07 novembro 2011

Pessoas


Pessoas são apenas pessoas...
Por mais especial, que nos pareça
E por mais que teimemos em acreditar,
Nenhuma delas traz consigo
A fórmula da felicidade eterna!

(Joana Maria)

20 outubro 2011

Poeta

Calmaria e tempestade
Instantes, eternidade
Uma brevidade de sentimentos
Ilusões e realidade
Um turbilhão em pensamentos
Uma ânsia sem fim
Assim é esse ser...
Que vive dentro de mim!

(Joana Maria)

Minha homenagem a todos que vivem a parir... "Palavras"!

O poeta é um fingidor/ Finge tão completamente/ Que chega a fingir que é dor/ A dor que deveras sente./ E os que lêem o que escreve/ Na dor lida sentem bem/ Não as duas que ele teve/ Mas só as que ele não têm/ E assim nas calhas de roda/ Gira, a entreter a razão/ Esse comboio de corda/ Que se chama coração

Fernando Pessoa

Medos...


Não tenho mais medo do escuro
Nem dos espíritos da meia noite!
Desde que abandonei deus
Abandonaram-me todas as almas
Todos  os monstros e demônios!



(Joana Maria)

19 outubro 2011

Saudade


O que mais me faz sofrer
É quando bate uma saudade louca
De alguma coisa
Que nem tive coragem de fazer!


(Joana Maria)



14 outubro 2011

Um Ser...

Um ser
Ou não ser
Uma mente
Eternamente
Em ebulição
Sana ao pensar
Insana ao repensar
Infindável transmutação
Estou assim, sempre agonizante
A beira da loucura, a um fio talvez
Em meu mundo incerto e inconstante
Ora sobriedade, ora embriaguez
Um ser diferente a devanear
Ora bicho, ora gente
Sempre a metamorfosear!

(Joana Maria)

13 outubro 2011

Pecar...

Ah... Se não existisse o pecado,
E a conjugação do pecar.
Que graça teria o verbo amar? 


(Joana Maria)

06 outubro 2011

Vida...

O que é a vida,
Além da respiração,
Além do amor
E do pulsar do coração?
Nada além!
Não busque uma razão...
Para o que não tem!

(Joana Maria)



04 outubro 2011

Caminho


Não tenha medo de se contaminar
Com meus pensamentos.
Percorri um longo caminho até aqui,
E não almejo ser seu atalho!



(Joana Maria)

Autocrítica


Pensando bem, em algum momento
Acho que me tornei demasiadamente fria
Não, não matei meus sentimentos,
Só despi deles as fantasias...


(Joana Maria)

30 setembro 2011

Vida

O que é a vida?
Isso é tão simples de entender...
É aquele pequeno intervalo
Entre o nascimento e a morte,
E que deve ser usado pra VIVER!

(Joana Maria)

27 setembro 2011

Razões

Dizem que tudo
tem uma razão de ser.
Eu acredito que tudo
tem um ser, sem razão!


(Joana Maria)

25 setembro 2011

Inferno

Abomino essa ideia de pecado
Esse delírio de inferno.
O grande mal 
É não saber aproveitar
Esse momento único...
Que você tem o mundo,
E que o mundo te tem!


(Joana Maria)

24 setembro 2011

.

Na inquietude do ser
Na eternidade dos porquês
Aí estará, a graça do viver!
(Joana Maria)

23 setembro 2011

+

A vida é uma estória...
Contada por um poeta
Repleta de sonhos e fantasias.
Mas em significado...
Totalmente vazia!
(Joana Maria)

15 setembro 2011

Relatividade...

Tudo é tão relativo, 
a minha ou a sua realidade.
De um certo ponto de vista
sou totalmente louca.
De uma outra órbita
totalmente sã.
Se não te agrado hoje,
quem sabe amanhã...
(Joana Maria)

13 setembro 2011

*

Sou a favor da pena de morte,
Sou a favor da eutanásia,
Mas não consigo ser a favor do aborto,
Acho que dois merecem a oportunidade,
O mundo de ter uma nova pessoa,
Que talvez faça diferença,
Essa pessoa, de fazer diferença ao mundo!

(Joana Maria)



30 agosto 2011

Medo

A consciência do próprio fim,
A vidência da própria sorte,
Torna o homem irracional...
Fazendo-o acreditar em lendas infantis,
De vida após a morte!
(Joana Maria)

25 agosto 2011

Vida...

Há algum tempo,
Troquei a palavra "deus", pela palavra "vida"!
So assim se justifica as injustiças.
Só assim compreendi o mundo, os homens
e as profundas diferenças!
(Joana Maria)

23 agosto 2011

22 agosto 2011

Destino...

Se acredito em destino?
Ah claro, e tem como não crer?
Afinal o destino já ficou comprovado...
Nascemos destinados a morrer!
(Joana Maria)

02 agosto 2011

*

A crença se mantém viva,
Quando se fecha àquela  janela
Com vista para o mundo...
(Joana Maria)

27 julho 2011

Palavras nas entrelinhas,
Apenas subentendidas,
Incompreensíveis, análogas.
Ler, ver, sentir, ouvir, captar...
Ir além da razão.
Os aptos buscam o sentido,
Os estúpidos dão!
(Joana Maria)

26 julho 2011

...

Só entenderá minhas dúvidas,
Minhas certezas e incertezas,
Minha visão desse mundo infeliz;
No dia que tiver coragem,
De fazer as mesmas perguntas que fiz!
(Joana Maria)

03 julho 2011

Sou folha seca...

Escolhi seguir sozinha...
Escolhi não me escravizar...
A não ser ao vento.
Ao tempo,
Ao dia,
À maré!

(Joana Maria)

27 junho 2011

Interessante como muitos amam as borboletas...
Mas matam as lagartas!
(Joana Maria)

25 junho 2011

Velhice

Depois da longa batalha.
Uma outra...
"Tirar energia, de uma fonte esgotada"!
(Joana Maria)

Infância...


As vezes eu penso...
Que talvez eu tenha apenas esquecido
a minha velha infância em um canto qualquer...
(Joana Maria)